Systemair

Especialmente com a chegada dos meses de verão, a frase “A humidade está muito alta” começa a ser ouvida com frequência e as pessoas reclamam tanto da humidade como do calor. Isto é particularmente comum em zonas costeiras. Então, “O que á a humidade?” e porque é que eles dizem “A temperatura está boa, mas a humidade é terrível”.

 

Em resumo, o termo humidade é usado para descrever o vapor de agua contido no ar. Na indústria (ou terminologia) AVAC existem 3 medidas de medição da humidade que representam conceitos diferentes. Elas são:

  • Humidade absoluta
  • Humidade especifica
  • Humidade relativa

A Humidade Absoluta é representada pelo quociente da massa de vapor de água por massa de ar seco. Medido com o auxílio de um dispositivo chamado higrômetro, a humidade absoluta é um valor que muda com o clima e com geografia. Portanto, diminui à medida que se move do equador para os polos, e das regiões costeiras para as regiões do interior e terras altas.   

A Humidade Específica é representada pelo quociente de massa de vapor de água pela massa total de ar. Por outras palavras, é uma proporção simples da mistura. Geralmente é usada para indicar quantas gramas de vapor de água estão contidas num quilograma de ar.    

A Humidade Relativa é um quociente, expresso em percentagem, da quantidade de vapor de água presente na atmosfera pela quantidade de vapor de água que o ar pode conter a uma determinada temperatura (pressão de vapor). Uma humidade relativa de 100% significa que o ar esta totalmente saturado com água e não aguenta mais vapor de água. Ou seja, caso seja adicionado mais vapor de água ao ar, o vapor condensa para líquido ou fica suspenso no ar em forma de neblina. Com base nisto, também podemos dizer que a probabilidade de precipitação é maior em locais com humidades relativas mais altas. O valor que por vezes é expresso como humidade nas previsões meteorológicas é na realidade a humidade relativa. Em contraste com a humidade especifica e com a humidade absoluta, as pessoas podem sentir a humidade relativa, o que influencia diretamente o nosso conforto.

No gráfico psicométrico, os números na parte inferior representam a temperatura de bolbo seco, enquanto os números à esquerda representam a humidade absoluta, e as linhas azuis a humidade relativa. Como podemos ver no gráfico, mantendo a humidade absoluta (massa de vapor de água por massa de ar seco) constante, a humidade relativa baixa a medida que a temperatura aumenta. Isto acontece porque, como mencionado em cima, a quantidade de vapor pode ser retida pelo ar aumenta juntamente com o aumento da temperatura. 

 

A figura ao lado mostra que a mesma quantidade de vapor de água produz diferentes valores de humidade relativa á medida que a temperatura varia. Aumento de temperatura para uma mesma quantidade de vapor de água implica uma diminuição da humidade relativa.

 

Depois de explicarmos o que é a humidade, vamos agora falar do efeito da humidade no conforto humano. Tanto uma humidade alta como baixa têm um efeito desfavorável para a vida humana. A temperatura entre 20-25°C e a humidade entre 40-60% podem ser consideradas condições de conforto adequadas para as pessoas viverem. A vida humana é fortemente afetada quando as condições do ar estão fora destes limites.

O corpo humano é capaz de rejeitar calor através da transpiração à medida que a temperatura aumenta. O suor expelido pelos poros do corpo evapora e mistura-se com o ar. Enquanto o suor evapora retira calor do corpo, o que nos arrefece o organismo. Contudo durante os meses de verão, e em especial em zonas costeiras, uma vez que a humidade relativa é alta, e o ar já contem demasiado vapor de água, torna-se ainda mais difícil de reter mais vapor de água. O suor expelido pelo corpo com o propósito de arrefecer o organismo evapora mais lentamente do que é necessário ou não evapora. Por sua vez, o calor que não consegue ser libertado leva a um aumento da temperatura do corpo humano.

Para além deste efeito, a humidade elevada é também conhecida por desencadear doenças como asma, insuficiência cardíaca, perda de sódio, obstrução pulmonar crônica, etc. No entanto, não só a humidade elevada, mas também uma humidade baixa tem efeitos negativos na vida humana. Os baixos níveis de humidade que podem ser retirados pelo ar (humidade especifica) em ambientes frios podem gerar condições atmosféricas secas. Sabe-se que o ar seco causa secura na pele, doenças respiratórias, hemorragias nasais e muitas outras coisas.

 

Uğur Ege ARAT
Systemair HSK Turkey

Follow us on our social channels
Feedback